Livros
Capa do livro Respeitável público

Literatura brasileira - Romance

Respeitável público

  • Páginas: 128
  • Formato: 14x21 cm
  • ISBN: 9788583180609

Teodoro Alegria governa a cidade de Galateia a fogo e favores. Entre os ofícios pouco urgentes e a fome intratável, com a esposa e a filha tranquilas e um tanto tristes, ele vive como acha que deve ser. Eis que chega o Holywood, pobre na estrutura, rico na extravagância. O trapezista com olhos cor de púrpura, a cigana com aroma de sândalo, o dono do circo com dentes de ouro — todos dispostos a oferecer ao respeitável público um espetáculo com tradição e grandeza. No dia da estreia, uma força inexplicável surge como ameaça ao poder do prefeito. Destino? Sorte? Do picadeiro ao gabinete, nas ruas malcuidadas e nos cafés sonolentos, agora só se fala nisso.

Henrique Schneider cria uma história na melhor tradição das narrativas latino-americanas ao expor a tragicomédia do poder político unipessoal diante de fatores fantásticos e humanos que fogem ao seu controle. Ele capta e atualiza, de forma original, o que representa o circo no imaginário humano, com o seu fado de encantar e de mudar destinos. O encontro da filha do todo poderoso prefeito da remota cidadezinha de Galateia com o trapezista do Gran Circo Holywood transcende a beleza das histórias de amor e nos joga no coração de uma contradição metafórica entre Poder e Arte. Vemos desfilar um insólito exército de capangas do prefeito mobilizado para invadir um circo mambembe. Vemos o espetáculo de “soldados armados” contra artistas de circo munidos apenas de suas artes malabares. Mais uma vez, Henrique Schneider confirma a sua trajetória de exímio narrador e de um escritor que ressalta a singela humanidade dos seus personagens. Esta é uma das características que torna distinguível a sua excelente literatura.
DILAN CAMARGO

Sobre o autor

Henrique Schneider nasceu em 1963 e vive em Novo Hamburgo (RS). Escreve uma coluna semanal de contos no jornal ABC Domingo e tem diversos livros publicados, entre os quais "O grito dos mudos", "A segunda pessoa", "Contramão" e "A vida é breve e passa ao lado".

página do autor

Institucional

Livros

Loja

RSS | © Dublinense - Todos os direitos reservados