Livros
Capa do livro Inter hoje e sempre

Coleção Impedimento - Esporte

Inter hoje e sempre

e

  • Páginas: 240
  • Formato: 22x16 cm
  • ISBN: 9788583180081

Os feitos mais relevantes da história colorada em cada dia do ano. Narrativas elaboradas a partir de fatos marcantes do passado alvirrubro e de depoimentos de grandes ídolos. Ilustrações que recriam os maiores momentos do Colorado das glórias. Assim é o Inter hoje e sempre – a história colorada em cada dia do ano, uma das maiores pesquisas já realizadas sobre o Clube do Povo do Rio Grande do Sul, contada de uma maneira diferente de qualquer outra.

Depoimentos exclusivos de Figueroa, Iarley, Célio Silva, Fernandão, Ibsen Pinheiro, Fernando Carvalho, Valdomiro, Larry e Taffarel.

Segundo volume da Coleção Impedimento.

Produto oficial licenciado pelo S.C. Internacional.

Baixe um trecho do livro para degustação.

Na imprensa

  • No bookmarks avaliable.
veja mais

Sobre os autores

Douglas Ceconello é jornalista formado pela UFRGS. Desde 2003, participa desse delírio coletivo chamado Impedimento. No início dos anos 80, resistiu bravamente às manobras traiçoeiras de gremistas próximos e forjou seu coloradismo naquela época de inferno vermelho. Nunca teve medo de bicho-papão, mas ainda sente calafrios quando mencionam Jorge Veras. A primeira partida que assistiu no Beira- Rio foi um 3 a 0 no Bahia, em 1988, uma vitória que aconteceu no momento errado. Tornou-se extremamente perturbado e impertinente na semana que antecedeu a final da Libertadores de 2006, mas ainda sente sincera dúvida entre escolher o Mundial de Clubes ou o Gre-Nal do Século.

página do autor

Daniel Cassol é jornalista formado pela UFRGS em 2003 e um dos responsáveis pelo site Impedimento. Se perguntado, dirá que sua primeira memória detalhada de um jogo do Internacional data de 12 de fevereiro de 1989, no Gre-Nal do Século. Em 21 de abril de 1991, foi ao Beira-Rio pela primeira vez, no empate contra o Atlético Mineiro por 2 a 2. Antes desse jogo, seu pai o alertou para o risco do Inter perder. Era o que costumava acontecer naqueles tempos. Amadureceu o coloradismo na penúria dos anos 90 e passou a ver o futebol de uma forma diferente a partir da noite de 16 de agosto de 2006.

página do autor

Institucional

Livros

Loja

RSS | © Dublinense - Todos os direitos reservados